The next level.



The willingness to innovate / create is a very present characteristic of the best investors / entrepreneurs.

Being these independent or companies the image is fundamental in the days that run. From the perspective of designer and communications service provider, I have witnessed a healthy boom of new business ideas accompanied by good corporate images. The vast majority of them are SMEs with a desire to create new niches and establish business among the sharks of the current market.


Tudo parece estar a correr bem, mas na verdade, vemos muitas destas ideias/serviços/produtos cair por terra ao fim de algum tempo. Isto acontece por variadas situações, mas talvez a mais comum seja o declínio de um sucesso passageiro, por ex:

Imaginemos que detemos um negócio de Pão numa rua que está ,digamos, na moda. O fluxo de negócio é superior ao esperado e as vendas refletem essa mesma actividade "paranormal". Esse mesmo negócio tem um nome particularmente diferente e tem uma imagem (gráfica) muito boa. Parecem os ingredientes necessários para o sucesso certo, mas na verdade é um negócio que depende muito do sucesso passageiro. Isto para chegar ao ponto, nenhuma empresa/negócio que se queira estabelecer, ganhar quota de mercado, aumentar os pontos de venda deve actuar sem uma estratégia bem estruturada. Esta é uma das lutas que os designers/criativos devem ter com os seus clientes.


Em Portugal existem 2 tipos de pensamento em excesso:

1- A procura de designers para mudar a imagem da empresa na esperança de aumentar a visibilidade e produtividade da mesma.

2- Ter um negócio rentável com uma péssima comunicação e achar que não existe a necessidade de mudança.

A- Qualquer que seja o negócio, este será sempre um reflexo do trabalho dos seus funcionários e colaboradores. Devem ter em mente que comunicar é uma ferramenta e não a solução para todos os problemas.

B- Creio que o pensamento neste caso esteja a mudar. Existe uma maior abertura e necessidade de comunicar com o fenômeno das redes sociais. Para quem pensa que trabalhar a imagem é secundário, aconselho a pesquisar as marcas lideres em equipamento de telecomunicação em 2005. Quem diria que a Nokia e a Blackberry estariam na posição que estão hoje. De uma coisa eu estou certo, a Apple não chegou onde chegou por não comunicar.


0 visualização

RDS Design™
Follow us on Behance

info@rdsdesign.pt
+351 916 473 585

Rua do Almada 254, 2º floor, room 23 4050-032 Porto

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon